Tuesday, March 14, 2006

Entre a Rua e o Café Colados ao Rádio


Foto e Texto de Humberto Sousa



"O dia 25 foi um dia de tensão, expectativa e ansiedade. O liceu fechou e ficámos entre a rua e o café colados ao rádio para descobrir quem é que estava a comandar a mudança e como é que tudo iria evoluir.Havia o receio de um golpe de direita embora estivéssemos em alvoroço com a forte esperança de que iriam começar a soprar ventos de democracia. Sabíamos que em Lisboa havia contratempos e não sabíamos como iriam reagir as forças mais fiéis ao regime como a GNR e a PIDE.

Dois dias passados tinhamos passado das dúvidas às certezas: vinha aí a liberdade. O povo, como um vulcão que entra subitamente em erupção, saíu para a rua.
Das ruas e vielas brotava gente que engrossava aquele rio que descia a avenida empunhando cartazes toscos, feitos à pressa nessa noite.Acima de tudo era preciso gritar, mostrar que afinal tínhamos voz, ideias e opinião. Era preciso gritar que aquele rebanho de carneiros não passava de uma fantasia obscura da velha senhora. Era preciso exigir:- Paz, pão, liberdade, saúde, democracia, educação..."

Direitos de autor reservados

0 Comments:

Post a Comment

<< Home